As estrelas acreditam em Gruit

  • By
  • On 30th outubro 2014

A Via Láctea, galáxia da qual faz parte o nosso sistema solar, contém por volta de 100.000 milhões de estrelas. Segundo a mitologia grega, Hera, mulher de Zeus, deu origem à Via Láctea ao ser derramado o seu leite quando retirou do peito, bruscamente, o filho bastardo de Zeus, Héracles –ou Hércules.

Desde tempos remotos, o homem tentou encontrar resposta para questões inexplicáveis, e achou na mitologia a ferramenta idónea para encher o vazio. Foram os gregos os que começaram a nomear algumas estrelas e constelações com nomes da sua prolífica mitologia, costume que se enriqueceu ao longo da história. Na Idade Média e no Renascimento os astrónomos continuaram a batizar planetas, estrelas y constelações com nomes de deuses e heróis da mitologia greco-romana. Até que, no século XX, notações numéricas substituíram esta tradição.

Mas este post não quer tratar das estrelas como o objeto astronómico que brilha com luz própria e que faz parte do nosso mapa celeste. As estrelas entorno às quais vamos falar hoje são muito mais mundanas e modernas. São concedidas aos estabelecimentos de restauração em referência a diferentes parâmetros fixados pelos seus juízes, por destacar em qualidade, criatividade e esmero. Além do símbolo estelar, às vezes podemos achar também talheres dependendo da comodidade e o serviço quando se trata de um restaurante, ou casas pelo mesmo critério quando se trata de um hotel.

alta cocina, cerveza artesana, maridaje con cerveza, cerveza gruiSim, vocês estão certos. Estamos a falar das estrelas Michelin. Estrelas que nasceram no final dos anos 20 e que evoluíram até inícios dos 30. A sua classificação foi fixada em 1936 e ainda hoje se mantém:

  • Três estrelas: indicam uma cozinha excecional.
  • Duas estrelas: a qualidade culinária é de primeira classe.
  • Uma estrela: o restaurante é muito bom na sua categoria.

Ter uma ou mais estrelas do Guia Michelin pressupõe que um restaurante não é só dos melhores no seu país mas também é um dos melhores no mundo. Na atualidade, perto de 2.000 restaurantes têm estrelas Michelin.

E é agora quando o título do nosso post ganha significado, pois há uns meses que a nossa equipa está a apresentar as cervejas Gruit em alguns dos restaurantes com mais prestígio do nosso país e com mais estrelas Michelin da Espanha.

Este projeto nasceu em Catalunha pois é a Comunidade Autónoma na qual radica a nossa sede e, por conseguinte, podemos realizar um trabalho mais direto e exaustivo. Iniciamos a apresentação das cervejas Gruit em dois dos restaurantes mais reconhecidos do nosso país: EL CELLER DE CAN ROCA em Girona e SANT PAU em San Pol de Mar. Os dos estabelecimentos saudaram a iniciativa e o produto.

cervezas Gruit, Gruit beers, cerveza y alta cocina, estrellas Michelin, maridaje con cervezaNo mesmo caminho, depois da resposta favorável de dois dos grandes, estamos a apresentar as Gruit em outros dos restaurantes que têm estrelas Michelin no âmbito catalão. Estamos satisfeitos, pois o acolhimento está a ser positivo; e temos a certeza que vamos ver brilhar as nossas cervejas em muitos dos estabelecimentos do guia Michelin. Os valores acrescentados das Gruit em relação a sabores e aromas estão a deixar perplexos a muitos dos summeliers que já as provaram.

Gostamos de dar notícias de este tipo. Achamos que a maridagem da cerveja artesã e a alta cozinha é um universo novo, enorme e quase inexplorado, do que queremos fazer parte. É por esta razão que pedimos “longa vida para as Gruit e as estrelas que acreditam nelas”.